PROPOSTA PEDAGÓGICA

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

COLÉGIO IBPI

INTRODUÇÃO

 

A Proposta Pedagógica do Colégio IBPI, considera os diferentes aspectos e o contexto sociocultural, político e econômico do país, nos dias atuais. A sua base principal é a educação colaborativa, que estimula a participação do corpo docente e discente no processo educacional, formando um vínculo de confiança e gerando uma atmosfera de discussões que aprimoram o senso crítico.

 

MISSÃO

 

O Colégio IBPI tem como missão somar esforços, na busca por uma educação de qualidade, de modo a formar indivíduos socialmente engajados de opinião, capazes de identificar e exercer seus direitos e de reconhecer suas obrigações e deveres no que diz respeito à prática da cidadania.

 


OBJETIVOS

 

Da Instituição
O Colégio IBPI, tem como filosofia a formação de cidadãos empreendedores, solidários e comprometidos com o bem comum. A dedicação e atenção a cada aluno transformam a relação com o estudo uma experiência muito mais envolvente. A interação com a família é fundamental para o sucesso do método adotado que prioriza a individualidade.
O modelo educacional do Colégio IBPI valoriza o diálogo aberto, através de uma educação flexível e participativa.
Com base nesta concepção o IBPI oferece os seguintes cursos:

- Ensino Fundamental e Médio
- Ensino Fundamental e Médio – EJA

 

Da Proposta Pedagógica
A Proposta Pedagógica do Colégio IBPI, aplica os objetivos da instituição nos cursos oferecidos, e também leva em consideração: 
- A promoção da reflexão contínua dos aspectos relevantes da educação e da utilização de tecnologia no seu desenvolvimento;
- A motivação de uma formação continuada buscando o acompanhamento das mudanças;
- O Incentivo as discussões da própria proposta pedagógica, procurando encontrar pontos a serem melhorados ou substituídos;
- O olhar crítico e construtivo acerca dos conteúdos, da prática de tutoria, do material didático utilizado, visando à qualidade do processo de ensino aprendizagem;

 

PRINCÍPIOS NORTEADORES

 

Pressupostos Teóricos
A teoria do Construtivismo, que norteia esta proposta pedagógica, estabelece que a construção e reconstrução do conhecimento se dão pela relação do sujeito com o ambiente externo. (TECH, 2005)
A construção do conhecimento através da interação social significa que em lugar de receber passivamente ou apenas copiando a informação dos professores ou dos livros, o estudante interage de maneira ativa, tratando de dar-lhe sentido e de relacionar-lhe com o conhecimento prévio, advindo de suas experiências de vida. (CASAS, 1999)
Neste processo, segundo Piaget em Da Costa (1997), o professor possui o papel de estruturador do ambiente, fornecendo fonte de estimulação ao estudante, permitindo seu desenvolvimento em ritmo próprio, de acordo com os seus interesses, através de métodos ativos.

 

Didático-pedagógicos
A utilização de material didático modular e integrado às ferramentas tecnológicas, como: computador, internet, plataformas web, lousas digitais entre outros nos diversos cursos, de forma a estimular o aluno à prática da reflexão, a relacionar o novo conhecimento com o anteriormente construído, por sua interação com o contexto em que vive e a tirar disso conclusões.
Todo o conteúdo ministrado obedece às Diretrizes Curriculares estabelecidas pelos órgãos competentes.

 

Éticos
Em todos os cursos são desenvolvidas atividades voltadas para a formação humana e com o acesso à cultura geral, de modo a que todos venham a participar produtivamente das relações políticas e sociais, com comportamento ético e compromisso político, através do desenvolvimento da autonomia intelectual e moral.
O Colégio IBPI empenha-se em imbuir seu fazer educacional de valores éticos como respeito às diversidades, boa conduta, tolerância, responsabilidade social, conscientização ambiental e de desenvolvimento humano sustentável e civilidade, através da interdisciplinaridade, contando para isso, com sua Equipe Multidisciplinar comprometida com a difusão desses valores de forma permanente e contínua buscando agregá-los ao currículo nos seus aspectos concreto e oculto.

 

Estéticos
A conscientização e a valorização da diversidade cultural, e das variadas expressões culturais provenientes de diferentes contextos sociais, servem de base para ações educativas e atividades complementares cujo objetivo é instigar a criatividade do estudante, sua capacidade de exprimir emoções através das muitas manifestações artísticas e culturais presente em seu contexto histórico-social.

 

 

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA   

 

Infra-Estrutura
O Colégio IBPI se utiliza de recursos adequados às necessidades de seus alunos e professores, tais como: Computadores com internet banda larga e softwares; AVA - Ambiente Virtual de Aprendizagem (IBPI online); Lousas digitais interativas e diversos outros equipamentos permanentemente atualizados

 

Diretrizes Estratégicas
São diretrizes estratégicas para o cumprimento da missão da Instituição:
• Criar condições para que os estudantes desenvolvam habilidades e competências inerentes ao nível de ensino em que estão matriculados,
• Contribuir para motivação da interação entre os alunos e as tecnologias de Informação e comunicação disponíveis para este fim;
• Desenvolver uma proposta de atividades, fornecendo as informações necessárias ao conhecimento global do educando.
• Recomendar cursos e práticas experimentais relacionadas às aptidões e anseios dos alunos;
• Criar condições para que os alunos desenvolvam seu espírito de pesquisa, a imaginação e o pensamento reflexivo, de modo a adquirirem autonomia nos estudos e a aprenderem a se conduzir individualmente ou em grupo;
• Acompanhar os resultados dos planos de estudo, projetos, pesquisas e outros, em consonância com os objetivos pré-estabelecidos;
• Divulgar eventos culturais, estimulando a participação do corpo docente e discente;
• Dar suporte à função da tutoria quanto ao acompanhamento dos alunos, do rendimento e assiduidade dos mesmos e relação ao acesso aos conteúdos e materiais didáticos;
• Verificar constantemente, com os profissionais atuantes no processo, o desenvolvimento do trabalho a fim de que se possam avaliar se os objetivos da proposta pedagógica. 

 

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

 

As matrizes curriculares são planejadas segundo a natureza de cada curso, respeitando as Bases Nacionais Comuns conferidas a cada área do conhecimento.

 

Ensino Fundamental
Os estudantes terão construído até o final do curso, as principais competências referentes à sua formação, tais como: 
- Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica.
- Construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a compreensão de fenômenos naturais, de processos histórico-geográficos, da produção tecnológica e das manifestações artísticas.
- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informações representadas de diferentes formas, para tomar decisões e enfrentar situações-problema.
- Relacionar informações, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponíveis em situações concretas, para construir argumentação consistente.
- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaboração de propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

 

Ensino Médio
A matriz curricular do Ensino Médio está fundamentada na concepção das áreas: LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS que compreende as disciplinas Português, Língua Estrangeira e Informática; CIÊNCIAS DA NATUREZA E MATEMÁTICA que incluem as competências relacionadas à apropriação de conhecimentos da Física, Química, Biologia, Matemática; CIÊNCIAS HUMANAS que configuram os campos de conhecimentos de História, Geografia, Sociologia, Filosofia. 
Em cada área destacam-se as seguintes competências específicas: 
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias - As disciplinas da área objetivam a constituição de competências e habilidades que permitam ao educando:
- Compreender e usar os sistemas simbólicos das diferentes linguagens como meios de organização cognitiva da realidade pela constituição de significados, expressão, comunicação e informação;
- Confrontar opiniões e pontos de vista sobre as diferentes linguagens e suas manifestações específicas;
- Analisar, interpretar e aplicar os recursos expressivos das linguagens, relacionando textos com seus contextos, mediante a natureza, função, organização e estrutura das manifestações, de acordo com as condições de produção e recepção;
- Compreender e usar a Língua Portuguesa como língua materna, geradora de significação e integradora da organização do mundo e da própria identidade;
- Conhecer e usar língua estrangeira moderna – Inglês - como instrumento de acesso a informações e a outras culturas e grupos sociais;
- Entender o impacto das tecnologias da comunicação e da informação na sua vida, nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social;
- Aplicar as tecnologias da comunicação e da informação na escola, no trabalho e em outros contextos relevantes para sua vida.

 

Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias - As disciplinas da área objetivam a constituição de habilidades e competências que permitam ao educando:
- Compreender as ciências como construções humanas, entendendo como elas se desenvolvem por acumulação, continuidade ou ruptura de paradigmas, relacionando o desenvolvimento científico com a transformação da sociedade;
- Entender e aplicar métodos e procedimentos próprios das Ciências Naturais;
- Identificar variáveis relevantes e selecionar os procedimentos necessários para produção, análise e interpretação de resultados de processos ou experimentos científicos e tecnológicos;
- Apropriar-se dos conhecimentos da Física, da Química e da Biologia, e aplicar esses conhecimentos para explicar o funcionamento do mundo natural, planejar, executar e avaliar ações de intervenção na realidade natural;
- Compreender o caráter aleatório e não determinístico dos fenômenos naturais e sociais e utilizar instrumentos adequados para medidas, determinação de amostras e cálculo de probabilidades;
- Identificar, analisar e aplicar conhecimentos sobre valores de variáveis, representados em gráficos, diagramas ou expressões algébricas, realizando previsão de tendências, extrapolações e interpolações, e interpretações;
- Analisar qualitativamente dados quantitativos, representados gráfica ou algebricamente, relacionados a contextos socioeconômicos, científicos ou cotidianos;
- Identificar, representar e utilizar o conhecimento geométrico para o aperfeiçoamento da leitura, da compreensão e da ação sobre a realidade;
- Entender a relação entre o desenvolvimento das Ciências Naturais e o desenvolvimento tecnológico, e associar as diferentes tecnologias aos problemas que se propuseram e propõem solucionar;
- Entender o impacto das tecnologias associadas às Ciências Naturais na sua vida pessoal, nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social.
- Aplicar as tecnologias associadas às Ciências Naturais no colégio, no trabalho e em outros contextos relevantes para sua vida;
- Compreender conceitos, procedimentos e estratégias matemáticas, e aplicá-las a situações diversas no contexto das ciências, da tecnologia e das atividades cotidianas.

 

Ciências Humanas e suas Tecnologias - As disciplinas da área objetivam a constituição de competências e habilidades que permitam ao educando:
- Compreender os elementos cognitivos, afetivos, sociais e culturais que constituem a identidade própria e a dos outros;
- Compreender a sociedade, sua gênese e transformação, e os múltiplos fatores que nela intervêm como produtos da ação humana; a si mesmo como agente social; e os processos sociais como orientadores da dinâmica dos diferentes grupos de indivíduos;
- Compreender o desenvolvimento da sociedade como processo de ocupação de espaços físicos e as relações da vida humana com a paisagem, em seus desdobramentos político-sociais, culturais, econômicos e humanos;
- Compreender a produção e o papel histórico das instituições sociais, políticas e econômicas, associando-as às práticas dos diferentes grupos e atores sociais, aos princípios que regulam a convivência em sociedade, aos direitos e deveres da cidadania, à justiça e à distribuição dos benefícios econômicos;
- Traduzir os conhecimentos sobre a pessoa, a sociedade, a economia, as práticas sociais e culturais em condutas de indagação e análise, diante de situações novas, problemas ou questões da vida pessoal, social, política, econômica e cultural;
- Entender os princípios das tecnologias associadas ao conhecimento do indivíduo, da sociedade e da cultura, entre as quais as de planejamento, organização, gestão, trabalho de equipe, e associá-las aos problemas que se propõem resolver;
- Entender o impacto das tecnologias associadas às Ciências Humanas sobre sua vida pessoal, os processos de produção, o desenvolvimento do conhecimento e a vida social;
- Entender a importância das tecnologias contemporâneas de comunicação e informação para planejamento, gestão, organização, fortalecimento do trabalho de equipe;
- Aplicar as tecnologias das Ciências Humanas e Sociais no colégio, no trabalho e em outros contextos relevantes para sua vida.

Av. das Américas, 6.700 - bl.01 - cj. 201
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

© 2019 por Cris Dieguez

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter